domingo, 31 de maio de 2009

RONDA 2009 - O relato da Joana

Arrancámos de Setúbal às 19h30 do dia 15 de Maio com a bela da Valéria (carrinha) toda artilhada com os víveres necessários. Massa foi a massa o alimento abundante, uma vez que o Rui esteve a fazer uma dieta de glicogénios...Coisas de atletas.

O Bruno foi com o papel de Motorista.

Eu com o papel de Ornamento.
E o Rui, com o papel principal: O Atleta.
Na primeira noite dormimos em Monastério.
no dia seguinte de manhã, depois do pequeno-almoço e da higiene matinal, partimos direitos a Ronda. Foi uma bela viagem.

A primeira coisa que fizemos em Ronda foi tratar das burocracias da Prova de Atletismo do Rui.

E aqui está o percurso de 101 Km.
Depois de tudo tratado fomos almoçar, pois as barriguinhas já davam horas.
Almoço:Omelete de manga com massa e salada com nozes


Depois do almoço o Motorista e o Atleta foram dormir a sesta e a Ornamento ficou a ornamentar a Valéria.

A meio da tarde, hora da passeata por Ronda. É um belo sítio!





Final de tarde, hora de regressar ao poiso, a "Bella Pazza da Valéria".
No caminho o Rui comprou uma embalagem de Ilvico porque sentia um pouco de dores de garganta. Eu como sendo a Ornamento achei que deveria tomar um Ilvico também.

E lá fomos.
Chegados à carrinha o Atleta foi tomar um banhinho e a Ornamento continuou a cumprir de corpo e alma o seu papel de ornamentar.

Banhinho tomado, jantar comido( novamente um prato de massa), um pouco de conversa e hora do do ó-ó. Pois o próximo dia iria ser um dia de grande emoção o nosso Atleta iria correr 101 Km... Não é pêra doce.


No dia seguinte o nosso Atleta Rui toma o seu pequeno-almoço (papas de aveia) e não se sente muito bem... A ansiedade, os nervos e aquela espera poderiam ser a causa daquela indisposição. Depois de um pouco de meditação o Atleta começou a arrumar as sua tralhas.




Depois chegou a televisão espanhola e realizou uma pequena e simples entrevista ao Rui, para que ele nos deixasse as suas últimas palavras antes da prova.

Depois disto arrancou sem olhar mais para trás.
Pouco depois o Motorista e a Ornamento dirigiram-se ao local do grande evento.

E no meio da multidão procuraram o seu grande amigo Atleta.
-Onde está ele? -perguntava a Ornamento ao Motorista...
E nisto, o motorista gritou: - Está ali! E os dois gritaram:- Rui!!- em tom de aplauso e querendo transmitir aquele sentimento... "Estamos contigo brother!"
O Rui, o Atleta lá foi e a Ornamento e o Motorista passearam,




almoçaram na cafetaria Bananas,



assistiram à chegada dos fulanos do Btt e à entrega das medalhas,

cumprimentarm os fulanos da legião espanhola, os organizadores deste evento,

fizeram amor na Valéria....

E nisto telefona o Atleta...Algo não estava bem e por isso tinha que parar de correr...-Venham-me buscar à paragem, que eu vou de autocarro com os fulanos da legião. -disse o Atleta. O Motorista e a Ornamento ainda meio despidos dirigiram-se para a paragem.

Anoiteceu e nada de Atleta. Preocupados o Motorista e a Ornamento telefonam para o Atleta, que se encontrava no acampamento da legião. ficou então combinado irmos ao acampamento buscar o Rui.
ao avistarem o Rui, gritaram de alívio...Ufa, ele estava vivo!

e foi aí que o atleta contou tudo ao Motorista e à Ornamento....
O Rui tinha apanhado uma virose gastrointestinal trazida de Setúbal, que o atacara no dia da prova. Não sendo capaz de beber mais liquidos, nem de comer, teve de para de correr aos 68 Km, pois corria riscos de desidratação, embora muscularmente estivesse impecável...Mas 68 Km já foi uma vitória.
Nessa mesma noite os 3 arrancaram rumo a Sevilha. Chegados a Sevilha o Atleta pôs a cabeça de fora da janela para apreciar as "baybes" sevilhanas e gritava para elas que era atleta...Mas não se safou.
Às 02h00 da manhã encontrámos um spot, um parquezinho perto de uma estação de comboios. Dormimos como anjos.
No dia seguinte, depois do pequeno almoço tomado´arrancámos rumo a Portugal, mas ainda parámos para almoçar e lavar a loiça.






Obrigado Joana pelo belo trabalhinho :)!











video

3 comentários:

Carca disse...

Beijinhos ao motororista e ao ornamento! Oh ornamento, eu fartei-me de rir com a tua crónica! Aparece mais vezes!

carneiro disse...

amigos de categoria.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.