segunda-feira, 9 de março de 2009

Setúbal - Sesimbra

No passado Domingo fiz um treino longo de uma forma diferente, num trajecto não-circular. Aproveitei o facto de uns quantos amigos meus terem decidido fazer Setúbal a Sesimbra em BTT para fazer o meu treino de corrida de 5 horas mais ou menos por onde eles passaram.
O percurso foi Setúbal - Palmela - Picheleiros- Pedreiras - Sesimbra sempre por serra pelos caminhos mais íngremes tentando fazer o máximo de desnível possível. Saí de casa às 7.30 depois ter enfiado tudo na mochila adidas (e já a pensar na falta que me faz a nova Raidlight que aí vem a caminho...). Dia horrivel, vento, muito frio nas zonas mais altas, fiz o caminho quase todo com o buff a tapar-me as orelhas e a boca. Senti falta das luvas e não volto a sair sem elas. Soube bem apanhar a malta a meio do caminho, deu-me uma motivação extra saber que eles estavam ali perto. Comecei muito devagar e a tentar-me poupar ao máximo, não andei tanto como se calhar era suposto mas como não me sentia cansado continuei a correr. Estive sem dores significativas e com os minutos a passarem rápido até bem depois das 4 horas de corrida, depois entro no estradão que vai até às pedreiras e decido acelerar um pouco, sentia-me bem e queria testar-me. Calculei foi mal o tempo que me faltava e ainda demorei mais 1h30m a chegar a sesimbra. Mas estava bastante bem, cheguei fresco e conseguia ter feito (com algum esforço claro) mais duas horas. Os cuidados com a alimentação, assim como o repouso adequado e o treino foram a chave para estar tão bem no fim e me sentir perfeitamente descansado hoje, apenas um dia depois. Conto fazer 30 minutos muito lentos de passadeira e se puder dar um salto à piscina para descontrair mesmo.


O que aprendi neste treino:

- não levar os manguitos do BTT, assaram-me perto dos sovacos.
- Os calções da Nike ao principio não protegem e sinto a zona abaixo das virilhas a começar a assar, mas a partir das 2 horas desapareceu a sensação e no fim estava apenas um bocado vermelho. Ainda não me decidi se levo calções largos ou dos justos...
- Não levar maçãs, muito menos reineta, muito menos come-las com 4h30 de corrida... São muito ácidas e dão-te cabo do estômago.

Nunca mais usar uma mochila que não tenha acesso fácil à comida, máquina fotográfica, telemovel, Mp3... é uma seca pôr e tirar a mochila por tudo e por nada, quebra-nos o ritmo e torna-se irritante. Há sempre um fio do mp3 que se enlea, uma fita da mochila que fica mal posta.

Nunca mais usar em treinos longos um corta-vento que tenha um fecho que esteja sempre a encravar...

Dados do treino:
Desnivel +: 825 mts
Distância total: 42k
Tempo total: 5h32m
Calorias consumidas: 4255
5 geis ou geles (um por hora)
8 barras (uma cada 30m)
1 banana
4 dentadas numa maçã
1 fatia bolo
1,5l Isostar


5 comentários:

carneiro disse...

caraças, amigo, nem imagino o que isso seja. Força nesses treinos.

Carca disse...

Pareces um ninjer

As Minhas Pedaladas disse...

Ainda bem que levas-te a máquina, adoro fotos, "põem-me" aí ao teu lado.
Este fim de semana comi batatas doces com mel. Descascadas e embrulhadas naquela película plástica, maravilha, natural e bem mais fácil de comer que a maçã.
Bons treinos,pode ser que depois da Ronda dê para ver mais umas fotos da Sutra!...
João

nanex disse...

Pois pá, foi pena não nos termos encontrado mais vezes pelo caminho. Entretanto já vou pôr os videos no meu blog. Apareces um pouco neles.
Isso da batata doce é doping aos kilos. Tenho que experimentar.

joana roldana disse...

Correr de boné NIKE? Que erro. Boné RAIDLIGHT é que é