quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Tróia-Sagres, o regresso




Sim é verdade mais um post acerca dessa jornada épica, passe o exagero. Desta vez não para falar da minha experiência mas da do Pedro Alves, um rapaz que no futuro tem planos tais como fazer o Paris-Brest-Paris em que se pedala 1200km de enfiada e obrigatoriamente em menos de 96 horas. Ora um rapaz que ambiciona tal feito não poderia ter como treino um simples Troia-Sagres com uns miseros 200k. Pois naquele dia 13 de Dezembro, dia de invernia extrema o rapaz Pedro fez Tróia-Sagres-Tróia, em autosuficiência e mais de metade do caminho sem companhia. Deixo-vos aqui uns excertos do que ele passou e convido-vos a ler o resto do relato no blog dele. 

Fotos gamadas da Dinamica do Pedal

4 comentários:

Pedro Alves disse...

Olá,

Tanta publicidade ao evento ainda vou arranjar companhia para 2011....
Mas ainda falta muito tempo... muitos kms e muita água por baixo da ponte.
De boas intenções está o inferno cheio e neste momento PBP é uma boa intenção só isso... na realidade não é nada de extraordinário hà centenas de ciclistas que o fizeram ao longo do tempo

Obrigado pela simpatia

ruiruim disse...

olha agora ao ler isto é que vi que me esqueci de deixar os excertos...

O carneiro já me veio picar com o PBP...

ruiruim disse...

ó Pedro o que eu gostava memo memo era que comentasses 2 posts atrás deste. logo a seguir aquele da menina.

Obrigadinho!

nanex disse...

Ao lêr estas coisas eu até saio do sério.. Andam aqui estes verdadeiros heróis do "pedalismo" (sim porque ciclismo já é coisa de meninas comparado com isto), e eu que me esgravato todo em minusculas maratonas.
Enfim, cada um a seu gosto e nas suas possibilidades.
É com muito gosto que leio os vossos relatos. Espero que continuem por muito tempo pois a vossa capacidade de sofrimento é um estimulo.
Antevejo muitos km´s nessa Kona, não é xô rui???