sábado, 27 de setembro de 2008

olha agora sem dentes! (etapa 14)

Etapa fácil e muito bonita. Os Bosques de Irati merecem uma nova visita. Esta etapa ficou marcada mais pela falta de travoes do que por outra coisa qualquer... Sabia que ia descer 2500 metros na etapa seguinte e os travoes ja chiavam por todos os lados. Há dias que nao encontrava nenhuma loja de bicicletas. Levei o dia a perguntar a todos os ciclistas (só babes por acaso.. para os fas) se tinham calços suplentes (nem sabiam o que eram calços e eu a pensar que ia mal preparado...). Em Orbaiceta, no meio do campo, dou com uma Tienda de BTT... fiquei uma hora e meia à espera que abrisse para a senhora me dizer que nao, que nao tinham calços. Fiquei desesperado! Entro na loja e vejo 15 bicicletas de BTT e tento explicar a senhora a fraca possibilidade de alguem as alugar todas nesse dia e que me podia emprestar ou vender um par de calços usados. Tive de usar de muita sabedoria para dar a volta a senhora que estava muito desconfiada com aquilo tudo. Sabedoria e 10 euros!!! Por uma porcaria de uns calços nada novos. E todo contente la fui a travar a fundo a cada curva ate Roncesvalles e mais abaixo um pouco ate ao parque de campismo onde fiquei essa noite, e onde comi (viva o pais basco!) que nem uma besta!


1 comentário:

Nuno Rodrigues disse...

(só babes por acaso.. para os fas)
...dassss. Para os fãs??? atão e tu és o queim? pannnler??? ah ah ah
e o filme? a máquina estava em camara lenta ou eras mm tu que não desenvolvias??
belo achado essa loja. Se fosse eu tinha-te era vendido os calços por 500 euros.