domingo, 6 de dezembro de 2009

Meia maratona Cefad Lisboa 2009

Já estou de volta ao sofá. De barriga cheia e com dores nas pernas. Correu-me muito bem a prova. Aliás julgo que não poderia ter corrido melhor.
Comecei com um bom planeamento no dia antes. Boas horas de sono. Material preparado. No dia da prova tomei o pequeno-almoço (nestum) 3 horas antes do inicio. Fui à casa de banho 2 vezes. Estava em Lisboa com o carro estacionado 1 hora e meia antes do inicio. Comi uma barra 1 hora antes. Tudo isso me ajudou tenho a certeza. Não fiz um grande aquecimento mas deu para fazer alguma coisa.
Arranquei lento (depois da confusão inicial) e mantive-me nos 4,45m/km tal como tinha planeado. Estava com vontade de andar mais rápido mas mantive-me calmo e não cedi à euforia. Após 3km e meio aproximadamente, vi que podia ir mais rápido sem perigo. Afinal a pulsação andava perto dos 150BPM o que era pouco. Aumentei até aos 160BPM e fiquei-me pelos 4,30m/km durante um km e mais rápido depois de voltar para trás na marginal e de apanhar vento por trás (e que se fazia sentir bem) aos 6km. Continuei assim até aos 10,5km altura em que decidi andar um pouco mais rápido. Sentia-me bem, as pernas estavam bem fortes e até essa altura ainda nem prestava atenção à respiração. A partir do km 11 começou então a minha prova. Respiração bem ritmada e tentar manter sempre o mesmo ritmo. Para me distrair ia olhando para o outro lado para ver se via alguem da WIKABOO. Ainda gritei força Vasco mas não sei se ele me ouviu. Só no km 15 é que me lembrei que não tinha trazido o gel, agarrei numa laranja e devorei-a à selvagem mantendo sempre o ritmo e já a pensar nos últimos 4 km que me diziam ser terríveis. No km 17 e 18 ainda me portei bem (pensei para mim próprio: rui agora vais subir a cobra e já está) o pior foi que depois da primeira subida havia outra bem mais chata. Esta tinha vento de frente e nesta altura não tive o discernimento de me deixar tranquilamente atrás de algum matulão para me poupar para o ultimo km. Continuei sempre a passar gente já de dentes cerrados e fiz uma descida a bom ritmo já no km 20. Mas depois foi um suplicio. subida novamente que me derrotou. Senti uma dor profunda nos abdominais e doía-me bastante cada vez que respirava. Fiz o ultimo km todo dobrado e com uma cara imagino bem esquisita. Desde o km 6 ou 7 só fui ultrapassado por um (um!) corredor que eu não tivesse ultrapassado mais tarde. E este senhor fez o favor de me passar já na pista do Estádio 1º de Maio!
Fiquei muito contente com o meu desempenho e já se nota o trabalho deste ultimo mês. Como nota fica a descoberta (dolorosa) de que preciso de me empenhar ainda mais a trabalhar o CORE. Tempo final: 1h32m e alguns segundos (esqueci-me de parar o monitor... como sempre.)

Tempos por volta:

1km - 4,42m/km - 148bpm
2km - 4,30m/km - 156bpm
3km - 4,39m/km - 151bpm
4km - 4,25m/km - 158bpm
5km - 4,26m/km - 162bpm
6km - 4,12m/km - 162bpm
7km - 4,23m/km - 159bpm
8km - 4,16m/km - 160bpm
9km - 4,21m/km - 159bpm
10km- 4,15m/km - 162bpm
11km - 4,07m/km - 166bpm
12km - 4,12m/km - 165bpm
13km - 4.08m/km - 166bpm
14km - 4,10n/km - 169bpm
15km - 4,08m/km - 171bpm
16km - 4,11m/km - 170bpm
17km - 4,27m/km - 171bpm
18km - 4,35m/km - 172bpm
19km - 4,38m/km - 173bpm
20km - 4,05m/km - 171bpm
21km - 4,34m/km - 172bpm

Só depois de ver este tempos por volta me apercebo de que afinal nem me arrastei assim tanto como pensava nos ultimos kms. Os tempos até são bastante bons considerando a subida ingreme e o vento. Assim isto tira-me já as peneiras de que conseguiria fazer abaixo da 1h30m se não fossem as subidas. Vantagem de ter um Garmin que faz a papinha toda!

13 comentários:

Rui Pena disse...

Boas Rui,

Grande tempo... mas estava-se mesmo a ver. Tal era a disciplina dos teus treinos.

Parabéns e obrigado por partilhares estas coisas... é o melhor que nós temos: o exemplo.

Abraço,

rui

Paulo Costa disse...

Parabéns pela dedicação a este desporto fantástico!
Caros amigos agora esperamos por vocês na MAIS BELA CORRIDA DO MUNDO, a Meia Maratona do Douro Vinhateiro. Este ano terá transmissão em directo na RTP e muitas novidades.
Boas corridas!

Um abraço,
Paulo

carneiro disse...

Boa campeão! A subida da Av. Estados Unidos até à 31 de Janeiro é terrível, até de bicicleta... Desde o rio há 3 grandes subidas. Até à Rotunda de Chelas, depois para o viaduto da Feira NOva e no fim a pior de todas. È sempre por aí que eu entro na cidade no regresso das minhas "maratonas". E com as octanas consumidas e as velas entupidas com lactatos, a "p*ta" da subida é tramada...
Moro a 300 metros do Estádio. Para a próxima avisas que vens tomar a banhoca cá a casa... Até vais com pó de talco e tudo...

Yugo disse...

muito bom migo!

Boas corridas

vasco disse...

grande tempo parabens :)
e tens razão não te ouvi chamar por mim ias à frente ou atras do Nuno?
eu o Nuno ainda o vi mas de resto devia estar muito embrenhado na luta contra o vento

um abraço

Joana disse...

Ouve lá: quando tiveres provas em Lisboa ou arredores, faz favor de vir cá casa dormir na noite anterior!!! Assim não tens que fazer a viagem no dia da prova!!!! Bem!
Beijosssssssss

rustman disse...

Parabéns pela prova! Há que estar forte, para não se arrastar nos últimos kms.

Um abraço.

nanex disse...

Muito bem. Não vale a pena elogiar mais!
Agora adiante que é tudo progresso!
Os preparativos pré-prova são excelentes. Tudo feitinho como deve de ser e atempadamente e a prova já é um descanso, sem dúvida!

Carca disse...

Bah, que tempo da merda!

RuiRuim disse...

Obrigado pessoal! A próxima será ainda melhor! (tenho margem de progressão como os futebolistas ou melhor ainda sou um diamante por lapidar!!! )

carneiro disse...

"diamante por lapidar!!!"

Isto é uma expressão interpretativa.

O que querias dizer é que "és um diamante em bruto"....Não disfarces...

As Minhas Pedaladas disse...

trabalho e dedicação, dá resultado!!!

RuiRuim disse...

enfim sou bruto