quarta-feira, 19 de novembro de 2008




Comprei o 2º livro do Karno, que teve direito a uma capa ao nível de um livro do Simão Sabrosa ou de um Michael Thomas, caso este tivesse "escrito" um. Para além de terem escolhido um belo "pintiado" para o senhor, conseguiram traduzir tudo abrasileirado e para abrilhantar uma capa com mais letras do que um parágrafo da Margarida Rebelo Pinto ainda lhe enfiaram um ditado foleiro... Coitado do Karno. Ah e já me esquecia, ainda ganharam uns trocos porque fizeram o rapaz enfiar uma t-shirt da sport zone e pior que isso,  como se não bastasse já a ignomia, teve de a meter DENTRO dos calções e desse modo parecer ainda mais cabeçudo da feira do que ele realmente é. Ler o livro é que anda não li mesmo nada. (hmmm esta frase soa estranha não é?)

1 comentário:

João disse...

Olá Rui,
Já li o livro anterior no ano passado e foi ele que me motivou e me motiva a correr, não de um modo sério, nem a sério, mas mais numa perspectiva de treino cruzado com o BTT.
Realmente concordo contigo em relação à capa, pessoalmente não gosto destas personalizações, e o "correndo" também não foi muito feliz, teria sido preferível uma tradução literal, mas vou na Maratona 13 e posso disser que o Rui Zink, fez um bom trabalho. Existe algumas personalizações em relação a sites e publicações nacionais, mais isso deverá ter sido uma imposição da editora, agora a publicidade escondida à loja de desporto, parece que tira um pouco do nível ao livro, mas do que li até agora, estou a gostar.
Boas Corridas e Pedaladas,
João