domingo, 28 de setembro de 2008

Epilogo

E depois de ter pensado em mil coisas mui belas e poéticas para escrever aqui no blog hoje nao me sai nada... Estou em Cadaques, no sitio onde comecei há 17 dias atras esta mini aventura, e estou certo que outras aventuras, maiores e menosres, se seguirao a esta. Tenho a certeza porque o que senti quando acabei só me faz ter vontade de fazer mais e mais. Ontem enquanto jantava com o Jordi e o Javi em Irun, a nossa conversa só rodava em torno de um tema: o que fazer a seguir? Eles fizeram-me ver que se podem fazer coisas muito engracadas durante o ano aqui perto de casa. Vou faze-las e aproveito o blog para convidar todos os que gostam disto a partipar (nem que seja no carro de apoio). Portanto sao bem vindas sugestoes de fim de semanas na serra, a atravessar a planicie alentejana, a fazer Setúbal - Sagres e coisas assim.
Entretanto vou continuar a treinar. Posso evoluir muito mais e sei que se tivesse treinado poderia ter feito isto mais depressa. Nao que fosse essa a minha meta mas porque isso me da mais liberdade para fazer MAIS!
Esta travessia serviu tambem para experimentar material e devo confessar que aprendi muito. Agora estou muito mais bem preparado e sei o que é que me falta.

Agora que acabou só me apetece começar outra vez...

5 comentários:

Carlos Faria disse...

Quando o meu irmão fizer o seu Tróia-Sagres anual vais com ele! Ah, e parabéns por ter chegado ao fim inteiro! És o maior! Paf Paf Paf (que é o barulho das palmadinhas nas costas)

Helder (Buli) disse...

Pronto, está feito! Tal como eu me prometi a mim mesmo que iria escrevinhar por aqui em meados de final de travessia, também o xôr Rui se entregou a um compromisso há uns mesitos atrás, quando se decidiu a tratar da vida aos "Pirinóides"* com a sua bina...

E agora, que há a dizer? Parabéns? Não, nada disso... Parabéns seria o que dizer ao desempenho do Rui em coisas que ele realmente nos surpreendesse. Por exemplo, ir aos Manos menos que 3 vezes por semana, ou beber apenas 10 bjecas depois de se fazer sentir o efeito das 30 que ele bebeu antes, durante 1 noite de festejo. Talvez andar bem disposto à 2ª Feira, ou estar menos que 10 dias por ano na Galé, ou até deixar de usar produtos de beleza da oriflame,... Isso sim, seria de congratular o Bicho!!

Agora, no que diz respeito à aventura que ele diz que terminou, não me parece que haja motivo para tanta euforia. Digo isto porque já conheço a personagem há uns tempinhos e, embora não estivesse à espera do nome "Pirináicus"* no momento em que se fez luz dentro daquela cabeçorra ao decidir-se por 1 destino "a sério", nunca duvidei que o "home" cumpriria o proposto!!! E com vontade de mais...

Atenção, escrevi "diz que terminou" e não "terminou", precisamente por saber que a aventura do Rui está bem longe do fim! Já se pensa noutro "passeio", não é? Vamos a isso então, o que quer que seja que isso do "vamos" queira dizer!

**Pirinóides ou Pirináicus - calão sobre o nome próprio que representa o local a que Rui Barbosa se vai referir, a partir de hoje, numa conversa com pessoas do sexo oposto, com o objectivo de as fazer perceber que naquele preciso momento, é hora de revelar ao mundo e a si mesma que deseja de forma incontrolável, partilhar a matéria orgânica do seu ser (corpo)com a de um "Zé" que já tenha feito não sei o quê com a bicicleta não sei onde e sozinho - ver os comentários do Bana (ou Nuno Rodrigues pós amigos) acerca das suas lições de engate dirigidas ao migue Rui, e onde ele utiliza o nome original do local por onde o chaval andou.

Abraço, e baza lá almoçar ou jantar por aí... Podemos dizer que estamos a festejar o teu regresso!

PS. Na verdade só te queria dizer que levaste na pá no Experteleven.

Anónimo disse...

Foi com bastante emoção e lágrimas nos olhos que li o "Epílogo", porque entendi perfeitamente o que escreveste, o que não escreveste mas gostavas de ter escrito, as linhas e as entrelinhas... Pois é aquilo que não ficou dito e que tu designaste como “mil coisas mui belas e poéticas” que é a verdadeira essência de todas as etapas realizadas nos Pirenéus, porque vai ser essa essência repleta de sensações, de imagens, de sonhos e de tantas outras coisas que irá aspergir a tua alma com uma energia muito boa, poderosa e cheia de mística e isso é grandioso!
Mil abraços e mil beijos dos super amigos joana roldana+bruno.
Agora aguardamos a tua chegada para te podermos dar um enorme abraço.

Betty disse...

PARABÉNSSSSSSSSSSSS!!!! Meu mano lindo... nunca pensei que conseguisses chegar ao fim...quer dizer, lá no fundo, bem fundinho, sempre acreditei em ti!!!Espero que te tenhas perdido para depois teres te encontrado!!!Um beijo do tamanho dessa viagem alucinante. estás de parabéns!!!

Nuno Rodrigues disse...

Atão só temos o Rui, a Deolinda e os outes todes.. Rui é maió mundi!! Se eles pensem que virem casa nostra, festa...mas não. O Pinto Loureiro e o mario uitle que é o pecanino.
E temos uma coisa, nós Portugali, que outes temes!
Um comentário mais profundo fica para a próxima, ok? porque já todos sabemos que vai haver próxima. Esta já está superada! Ganda rui.
E agora ja está safo: "ah e tal, sabes, eu Pirinoides de bicicleta.." tanga pás babes. Confessa que foi isso que te deu forças para chegar ao fim.